domingo, fevereiro 07, 2010

Acompanhamento com qualidade

Depois de ler um post da mãe grilinha, não posso deixar de referir de que, no que diz respeito a horários de trabalho, as mães ou pais de crianças com deficiências comprovadas e que estejam ao seu cargo, deveriam ter uma redução no seu horário de trabalho para poder acompanhar com QUALIDADE o crescimento/desenvolvimento dos seus filhos. A única coisa que eu enquanto Professora consegui usufruir no meu horário de trabalho foi flexibilidade para acompanhar o meu filho Pedro nas suas terapias. Nada mais!
Agradeço a quem ler este post, esclarecimento sobre a legislação vigente relativamente ao assunto supra citado.
Muito Obrigada

4 comentários:

Anónimo disse...

envio pag ADSE,,

no capítulo Necessidades Especias, ou consultar o SECRETARIADO Nacional de Reabilitação...apesar de tudo penso que é o Organismo indicado par informar esse aspecto legislativo


(quando toca a ajudar está "quieto"

Anónimo disse...

não consegui enviar pág da ADSE, só por e-mail. no entanto é fácil no `sítio`,: www.adse.pt

(necessidades especiais)

Anónimo disse...

Não existe redução de horario. Apena alguma flexibilidade de horario. Já ando nesta luta à cerca de 18 anos.

biel disse...

bom dia mãe do pedro,e pra todas as mães especiais,e todas que são mães,eu tambem acho que pais que tem filhos especiais que trabalhem fora os patroes podiam entrar em acordo pelo menos nos horarios do acompanhamento e desenvolvimento de nossos filhos quando vão ao tratamento como fono,fisioterapia,psicologa etc,eu tenho 4 filhos que fazem tratamentos ñ posso trabalhar fora, ñ tenho ajuda sociale pesso muito a deus que me de forças a cada dia que eu acordo e deus tem iluminado meus caminhos e tem me dado benção amém,mais o melhor de todas as dificuldades e amar nossos filhos e mostrar pra eles que são especiais pra deus ass uma mãe especial