terça-feira, setembro 09, 2008

Fim de férias e retoma das rotinas do dia a dia

As férias chegaram ao fim e agora é tempo de retomar as rotinas do dia a dia e custa, é claro que custa. O Pedrito esteve mais ou menos bem ao longo destas férias, principalmente por causa dos medicamentos que tem de tomar para controlar as suas crises de epilepsia. É difícil conseguir a combinação mágica de medicamentos e ao mesmo tempo controlar os efeitos secundários. Perdeu o apetite voraz de outrora e está um pouco mais magro. Mas as férias foram boas e ele apesar de ter diminuido o apetite esteve bem. Agora e até ao final desta semana tem de frequentar o atl, de forma a que os pais do pedro possam retomar as suas actividades profissionais. E custa, é claro que custa. Estou desejosa que a Escola volte a funcionar e que o Pedro possa iniciar a sua actividade escolar junto da equipa de profissionais que o têm acompanhado assim como as terapias voltem a ser administradas. A irmã do Pedro também irá retomar a sua actividade escolar para a próxima semana e o irmão do pedro conseguiu entrar num curso na Universidade. Enfim a realidade e o quotidiano emergem e eu só peço a Deus que nos de forças a todos para que consigamos continuar a viver e a sobreviver à rotina do dia a dia. E custa, é claro que custa.

11 comentários:

Grilinha disse...

Então, meus queridos. Custa com certeza, mas creio que tb será gratificante apesar de todo o trabalho e cansaço acumulado.

Um beijo e energias positivas para mais um aninho.

mãedopedro disse...

Olá grilinha, ontem estive a navegar pelo teu blog e fico sempre com a sensação que a tua força e optimismo perante as dificuldades deixam a qualquer um de lado. Por vezes pergunto-me qual é o teu segredo, pois calculo que momentos menos bons também batem à tua porta. De todas as formas é sempre um prazer observar que continuas a acreditar e a lutar muito pelos teus dois homens.
Um beijo mãe do pedro

Anónimo disse...

Bem vindos

Estava com saudades de ler as vossas novidades.

A epilepsia é de facto uma fonte de stress, daquele stress que apesar de nunca ser muito intenso nos vai moendo todos os dias. Estamos a identificar as crises? Estamos a controla-las? Eles crescem e a dose dos medicamentos está ajustada? E hoje caiu um bocadinho de medicamento na roupa, será que vai ser insuficiente e vai ter uma crise? São perguntas que estão sempre em backgound, não é?
O dia a dia custa a retomar, passar féria sem família é de facto PASSAR FÉRIAS! Mas as rotinas diárias vão trazer mais um ano de evolução para o Pedro que eu acredito que vai continuar a fazer progressos e vai com certeza trazer muitas alegrias aos pais.

Beijinhos
Cristina
http://blogs.clubedospais.pt/ccsantos

Grilinha disse...

Mãe do Pedro : A sério que viste muito optimismo nos posts antes das férias?
Disseram-me tanto que eu andava um pouco para baixo e estranho esse ponto de vista. Como sabem tenho periodos de instabilidade, (infelizmente ainda vezes demais), mas é verdade que por vezes vivo talvez num mundo um pouco meu, de copo meio-cheio...sou optimista, (já fui muito mais) e ainda espero ter ânimo e forças para continuar a ser. Por vezes acho que vivo numa realidade paralela...
Mas sou feliz assim, por isso, deixemos isso.

Beijocas e força

mãedopedro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mãedopedro disse...

Olá Cristina, sim de volta. É bom saber que algumas mães partilham comigo e eu com vocês as evoluções dos nossos filhos. Por vezes vou ao teu espaço na net, saber de novidades e aprender conjuntamente a saber lidar melhor com os nossos filhos. Costumo dizer às pessoas que o maior problema com que diariamente lido é com a epilepsia do meu pedro.É de veras difícil e revejo-me naquilo que acabaste de escrever. Hoje seguí o teu conselho e deixei que o pessoal do atl tomasse conta do pedro e também não telefonei a saber se as coisas corriam bem ou não, apenas deixei o recado que se houvesse algum problema no que respeita aos enjoos na hora de comer ou se vomitasse, telefonassem para mim. Correu tudo bem. O segredo é não forçar o miúdo a comer a comida à hora estipulada. Respeitar a adaptação que ele também faz nos novos horários pós férias.
Um beijo

9/9/08 19:04

Anónimo disse...

Olá mãe do Pedro:

Também tenho um Pedrocas com 13 anos em casa portador de deficiência. Ele está num externato e eu gostava de saber como conseguiu o portátil porque o o meu filhote também precisava de um.
Um beijo para o Pedro

reb disse...

Não sei se têm esta informação, mas decidi colocá-la aqui, por poder ser de interesse para pais que visitam este blog.

Notícia no D.N. de hoje:

"Surgiu um projecto vocacionado para crianças e adolescentes, dos 6 meses aos 14 anos, assegurado por técnicos de educação especial, médicos, psicólogos e enfermeiros."

BE - Babysitting Especial. Contactos: 914260198 e 964157708

www.b-especial.com

ClaudiaMG disse...

Olá

Fui passando por cá durante as férias sempre com esperança de vos encontrar e saber as últimas novidades.

Pelos vistos as coisas nem sempre correram bem, mas acredito que agora com as rotinas e com as escolas a começarem os vossos dias começem a regularizar.
Eu sinceramente não desejei que o Ano Lectivo começasse, mas o que tem de ser tem de ser e por aqui já estamos com uma semana de aulas e algumas sessões de terapias.
Espero que consigam controlar as crises do Pedro, felizmente não sei o que isso será, mas acredito que será complicado e desgastante.

Desejo um bom início do Ano Lectivo para os vossos filhotos, quer seja na Escola, quer seja na Universidade. E para vós um grande abraço carregado de muita força para entrarem num novo ciclo da vossa vida.

Beijinhos

CláudiaR

Maria disse...

Olá, Pais do Pedro e restante família. É bom saber que tudo vai correndo bem. Boas novidades, portanto. Para a mãe que também tem um Pedro e escreve para saber dos computadores, o que conheço é o programa e-escolas, julgo que já pode pedir um portátil com net, mas que eu conheça, o software adaptado instalado é só no âmbito da cegueira e baixa visão, não sei se é o caso. Não sei se instalam o GRID, por exemplo. Posso tentar saber, se ainda não teve essa informação, o meu email está na minha identificação de blogger. Disponha.
Um abraço para todos.

mãedopedro disse...

olá maria, é bom voltar a ler os teus comentários. Aproveito a ocasião para informar à mãe do pedro adolescente e no que respeita aos computadores, que o meu pedrito ainda não dispõe de nenhum computador, no entanto, no ano lectivo passado a APPC de Faro e a partir do programa e-escola, a sua terapeuta ocupacional integrou o nome do meu pedro numa lista de meninos da APPC para usufruir de referido programa. Ainda não tive ocasião de falar com a terapeuta sobre o assunto. Dou mais notícias quando souber alguma coisa.
beijos