sábado, fevereiro 17, 2007

utopia?

não creio que a funcionária da limpeza que refiro no post anterior alguma vez leia este blog. isto a propósito de sensibilização. neste momento não sei se quero sensibilizar alguém, ou se a blogosfera é o melhor lugar para o fazer. a maior parte das pessoas que passam por aqui já estão sensibilizadas. é verdade, e nunca é demais dizê-lo, que a sociedade portuguesa precisa se doses macissas de sensibilização para a diferença, para o respeito pela diferença do outro. não só neste domínio da deficiência, mas num domínio mais alargado que passa pelo respeito por todas as opções de vida e particularidades individuais. sonho com uma sociedade em que a diferença seja factor de aprendizagem e troca de esperiências, em que mesmo que não se consiga compreender as opções alheias, se respeite. parece utopia, eu sei, mas a evolução civilizacional passa obrigatoriamente por aqui. uma sociedade não é apenas um conjunto de pessoas que cohabita um mesmo espaço físico. não pode ser. só faz sentido quando está direccionada para o bem estar colectivo que é construído com base no bem estar individual. quando cada indivíduo sabe onde começa e acaba a sua liberdade. quando se respeita a esfera pessoal e o espaço vital alheios.

2 comentários:

Grilinha disse...

Como te compreendo...
Também tenho esse sonho. Desde sempre desejei que as pessoas comopiniões diferentes possam conviver pacificamente e respeitar , sem se querer impôr !
Beijocas

citizenmary disse...

Em sintonia, mais uma vez... Divulgo no citizen um encontro sobre Diferença, a ter lugar em Aveiro. Seria bom, de facto, que a utopia se concretizasse e passássemos a ser raça humana.