terça-feira, dezembro 26, 2006

fragmentos do natal

lá passou o natal. a família juntou-se, o pedro gosta sempre de ver toda a gente reunida. tivemos a visita do pai natal. um velhinho de barbas brancas, vestido de vermelho e com um saco às costas. embrulhos para todos. mas este pai natal fala língua gestual?! distribui apertos de mão e beijinhos. mais um embrulho para o pedro, outro para o pai, mais um para a avó, só os da mãe vão ficando ali de lado. tiram-se fotos com o simpático velhinho, beijinhos, abraços, o pai beija o pai natal? será a mãe? mais uns beijinhos do pai natal para o pedro. é a mãe! o pai natal é a mãe! descobri! tenho que dizer ao pai!

o nosso natal foi bom, tranquilo. o pedro aguentou a noitada de prendas e a excitação dos brinquedos novos. foi-se deitar cansado, feliz, como muitas crianças. mas pergunto-me que noção tem ele do natal. como explicar-lhe porque é que nesta noite há tantos embrulhos? como explicar-lhe que há mais de dois mil anos nasceu um homem que continua a servir de referência moral? o jesus, aquele bebé do presépio, que está entre aquele pai e aquela mãe.

pintámos os dois, eu e o pedro, uma grande folha de papel de cenário. azul, tudo de azul, com duas trinchas e guaches. foi bom, o pedro ficou orgulhoso com a nossa obra. pendurámos na parede para secar, e quando o resto da família chegou, o pedro teve que mostrar a toda a gente. no dia a seguir, a nossa pintura já tinha estrelas, uma muito grande, e até uma lua. a mãe e os irmãos colaram-nas enquanto o pedro estava a dormir. depois umas tábuas, terra, cortiça e musgo, umas luzes, isto começa a ganhar forma. umas casinhas, um castelo, muitas pessoas, ovelhinhas e outros animais, até 3 galinhas. os animais da quinta do pedro este ano foram todos parar ao presépio.

um novo amigo. ou melhor, uma nova amiga. toda pretinha, muito pequenina, fofinha. a família cresceu este natal, o pedro ganhou uma nova amiga, uma cadelinha.

7 comentários:

Grilinha disse...

Que lindo registo...senti-me aí e até desejei ser criança outra vez e agora pertencer à vossa familia. Que delicia ! Contagiei-me...sinto que foi um Natal maravilhoso. Que bom. Fico feliz por vocês, pelo vosso Pedrocas, por todos ! Aqui tb foi bom...igual ao de muitas crianças, mas Nosso...e delicioso ! Agora venha um ano novo recheado de momentos de felicidade e de partilha. Estarei aqui , se Deus quiser, em 2007 para seguir o vosso delicioso dia-a-dia. 2006 ficou tb marcado com o vossa entrada na blogoesfera, que me deu um satisfação muito grande. Bem ajam...Beijos para todos !!

pedroepedrofilho disse...

Que espectáculo! Genial!!
Adorei o vosso registo.
Abraço. Pedro

Lina disse...

Estou aqui para vos desejar um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de coisas boas. Um abraço. Lina

Maria disse...

Foi quase uma receita... como se faz um presépio: com amor. Espero que tenham tido um Natal doce. A cadelinha, excelente ideia, grande amiga de brincadeiras.

Anónimo disse...

De facto o Natal não se compra com euros. Parabéns pelo lindo natal em família.

idadedapedra disse...

Muito lindo. Muito mais lindo do que qualquer natal que eu tenha feito em casa, mesmo nos tempos em que eu gostava do natal. Será preciso ter um filho diferente para se aprender a tirar o máximo de cada momento da vida?
Um 2007 cheio de conquistas para vocês

paidopedro disse...

ídadedapedra: vejo que descobriste este canto da blogosfera. bem vinda! um óptimo ano para ti também.