sábado, janeiro 20, 2007

ao sábado, sonhamos...

aos 15 anos eu seria músico numa banda de sucesso, haveria um concerto para comemorar os 10 anos de actividade que teria como convidados todos os meus ídolos musicais da altura. aos 17 eu escreveria as aventuras da tripulação da nave messa-antares, romances de ficção científica dos melhores a nível internacional. aos 19 eu seria médico, trabalharia no barco-hospital que percorre o rio amazonas prestando assistência às tribos índias. seria também poeta, daqueles "malditos" que rompem com os cânones habituais e inventaria uma nova forma de escrita. aos 22, eu seria actor de teatro, boémio, faria música de cena, performances originais. depois, tropecei em ti. eu seria o homem mais feliz e tu a mulher mais amada à face da terra. teríamos os filhos que a vida nos desse e construiríamos uma família feliz. os nossos filhos seriam "perfeitos" e nós "perfeitos" como pais. aos 30 anos, viajaríamos por todo o mundo numa auto-caravana, mostrando aos nossos filhos as diferentes realidades da humanidade e os diferentes cenários naturais. faria música para filmes e espectáculos de dança. daqui a alguns anos, quando todos os nossos filhos se autonomizarem, teremos todo o tempo um para o outro, aquele que muitas vezes não temos agora. teremos uma casa nas canárias, um apartamento em amesterdão e alternaremos temporadas nos dois lugares. ficaremos no alto de uma duna a ver o sol a fundir-se com o mar no fim da tarde, inundados por toda a calma deste mundo. os sonhos alimentam a vida, a vida alimenta os sonhos, nós alimentamo-nos de ambos. da vida e dos sonhos.

12 comentários:

Cristiana Soares disse...

Pai do Pedro, que post mais lindo. Fiquei emocionada. Tb sou mãe de uma menina com paralisia cerebral e administro o blog coletivo "Estou no mundo à PC". Já nos foi visitar? Tenho lá um texto chamado "Como é ser mãe da Luísa" que gostaria que vcs lessem. Um grande beijo pra vcs! Um em especial no Perdo!

ISABEL disse...

LINDO
...que DEUS vos dê TUDO com que sonhais...

Grilinha disse...

Adorei. Nem sei que escrever mais, pois estou emocionada.

Muito lindo...

E quem sabe sonhar, quem sabe amar assim...acho que leva desta vida o que ela tem de melhor. Parabéns a vocês por saberem sonhar. Embora que importante mesmo é terem os sonhos, desejo para vós, que eles se concretizem ! Um grande beijinho para toda a familia maravilhosa.

Anónimo disse...

Belíssima declaração de amor à vida, aos sonhos e aos que te envolvem, PaidoPedro. Um abraço.

paidopedro disse...

cristiana, já vos visitei. um óptimo blog!

idadedapedra disse...

conheço tantos casais que se separaram quando TODOS os filhos se autonomizaram...

paidopedro disse...

obrigado pela força idadedapedra...
:op

idadedapedra disse...

ainda bem que me entendeste. Estava com medo de que a frase curta, sem o contexto do meu pensamento anterior, tivesse ficado desenquadrada e fria. Sonhas muito, sonhamos muito, sonhar é meio prazer andado. Mas depois quando chegamos à fase de realizar os sonhos, às vezes sai tudo tão diferente. Daí te falar desses casais; queria-te só dizer que às vezes os futuro trata dos sonhos lá à maneira dele e dá-nos outras formas de ter prazer completamente diferentes das que sonhámos.
Bjs

paidopedro disse...

sei bem do que falas. e não é por isso que deixamos de sonhar.

Anónimo disse...

Sem palavras...um grande beijo para vocês

Patrícia e Rodrigo

Raquel disse...

Lindo...
Espero que sejam muito felizes e isso depende mais da nossa alma do que das facilidades que nos são dadas na vida.

Beijinho

paidopedro disse...

grande verdade, raquel. muitas vezes procuramos as coisas no exterior, quando onde deviamos procurar é dentro de nós próprios. obrigado por se ter manifestado.