domingo, janeiro 14, 2007

com as duas mãos

o pedro voltou ao seu normal. na sexta ainda esteve um pouco fraquinho, mas ontem já foi o nosso pedro bem disposto, irrequieto, comunicativo.
nova proeza do rapaz: apanhar a bola em movimento com as duas mãos. andamos a treinar isto há meses, enquanto ele faz os períodos de extensão das pernas no standing frame. é meia hora de treino e a coisa está a dar os seus resultados. é um jogo simples, eu atiro-lhe a bola e ele tem que a apanhar no ar, usando as duas mãos. isto requer coordenação e resposta rápida. de cada vez que ele consegue, tem o direito de me alvejar à queima roupa com a bola. eu faço umas palhaçadas de quem foi atingido, ele dá umas gargalhadas e recomeçamos. estímulo poderoso este de alvejar o pai! de início não conseguia, mesmo quando tentava, o tempo de resposta era muito longo. mas progressivamente lá foi apanhando o jeito. ainda não está bem consistente, a bola ainda cai no chão muitas vezes, mas com paciência e determinação vamos progredindo.

6 comentários:

NÉA e ARTHUR disse...

Fico muito feliz em ler tantas notícias boas.Dizem que devagar se vai ao longe, é isso aí Pedro.

Beijos e boa sorte

Grilinha disse...

Boa, boa...que maravilha ! Acerta no pai, Pedro, acerta !!! Eh,eh...que bela ideia inspiradora . Pode ser que venha ainda a utilizar a técnica (tb com o pai, claro... lol) Beijos e boa semana para toda a familia

@Memorex disse...

São as pequenas coisas que fazem grandes vitórias, PaiDoPedro uma pergunta: O Pedro pratica alguma actividade desportiva? Pensei, porque não? Dar-lhe-ia força muscular nas pernas, como a natação acompanhada ou arte marcial.
Ou é ainda cedo? Talvez existe uma certa insegurança por causa da outra doença: as crises.

Salientou, que o Pedro é bastante comunicativo e interage facilmente com os outros.
Se calhar não é uma boa ideia, ou é?

Um beijo, carinhosamente Memorex.

paidopedro disse...

memorex, o pedro está integrado em aulas de aprendizagem de natação. claro que um dos pais tem que ir para a piscina com ele. ultimamente a piscina de aprendizagem tem estado encerrada para reparações... :o(

Maria disse...

Pedro, bom elogio paterno, persistência e determinação. Hoje trabalhei à tarde com um Miguel com as mesmas qualidades. Cada um de nós tem que ser capaz de aprender a lidar com as suas capacidades, os pais são sempre bons alvos, sobretudo de amor. Força!

Anónimo disse...

Faço minhas as palavras de Maria
e deixo beijinhos para o pedro

:)