segunda-feira, janeiro 08, 2007

carlota

pois bem, esta é a carlota, a cadelinha que se juntou à família por altura do natal. gosto de ver a ternura com que o pedro a trata. sabe que é um bebé. ando a ver se ele a consegue designar gestualmente de uma maneira diferenciada da designação do nosso cão. em língua gestual, o feminino faz-se com um gesto específico antes do gesto geral que designa o animal ou pessoa. mas o pedro insiste em chamar-lhe "cão". penso que na cabeça dele o gesto de feminino está demasiado associado à irmã, o primeiro feminino que ele teve que utilizar para a diferenciar do irmão. mas um dia ele chega lá. temos todo o tempo do mundo.

4 comentários:

Grilinha disse...

Só de pensar no teu Pedrocas dá-me vontade de aprender lingua gestual. Noutro dia vi um anúncio...se tivesse mais tempo era já...agora fica para qq dia. Adorava aprender e conseguir trocar entrar um pouco num mundo de silêncio mas rico...de certeza muito rico...

NÉA e ARTHUR disse...

Pedro sua cadelinha é linda!!!!!!!!!
Beijossssssss

Néa e Arthur!


Se tiver msn add gabi_pqna@hotmail.com

lobitas disse...

Muito bom a ternura que o Pedrinho tem para com os animais, e o amor e a ternura não se dizem sentem-se, por isso muitos momentos ternurentos para o Pedrinho e para a Carlota

isabel disse...

Liiiiiiiiiiiindos e ternos.vai ser, de certeza, uma linda troca de afectos.

um beijão